Votação de lei para instalar câmeras em escolas é adiada.

Atualizado: Set 2

De acordo com o projeto apresentado, os equipamentos deveriam ser instalados até dentro das salas de aula. Porém, essa obrigação deve ser retirada da proposta


A votação do Projeto de Lei (PL) que pode obrigar a Prefeitura de São Carlos a instalar câmeras de monitoramento nas creches e escolas municipais foi adiada por uma semana.  


O pedido foi feito na sessão desta terça-feira (28) pelo autor da proposta, o vereador Malabim (PTB). "A gente retirou [da pauta] por conta de um artigo, que fala sobre a instalação de câmeras dentro da sala de aula. A gente foi procurado por professores que, no caso, perderiam a liberdade de lecionar suas aulas, devido a câmera. Então nós achamos melhor retirar o projeto por uma semana para readequar", explicou o vereador.  


De acordo o PL original, os equipamentos deveriam ser instalados na entrada dos estabelecimentos, nos pátios e dentro das salas de aula. No entanto, agora será retirado do texto a parte que pede câmeras nas salas de aula.  


Na justificativa do projeto, o parlamentar argumentou que a lei visa garantir a integridade e a segurança dos alunos, professores e outros servidores das escolas públicas municipais. "Já está amplamente provado que o monitoramento por câmeras de vídeo é um instrumento eficaz, ferramenta de suma importância, e aliada no combate à violência e criminalidade, que tem frequentemente atingido as escolas municipais, incluindo vandalismo. "  


"A instalação dos equipamentos de segurança significa não apenas um modo de desestimular a ação dos vândalos, dos traficantes, que atuam nas partes internas e externas (pátios, corredores, portão de entrada), mas também auxiliar na questão do bullyng praticado por alguns alunos", consta na justificativa do PL.


Fonte: https://bit.ly/2U7E6OV

5 visualizações